O que é DropShipping? Conheça um pouco mais | Blog Frenet
Frenet Aumente suas vendas oferecendo fretes mais baratos
Drop Shipping - entregador com mercadorias

O que é DropShipping? Conheça um pouco mais

Nunca foi tão fácil abrir uma loja como hoje em dia: basta se apoiar na versatilidade e no alcance da internet. Uma das vantagens mais atraentes de um e-commerce é que você pode ter seu negócio sem a necessidade de um estoque para começar a vender. Isso é feito por meio de uma modalidade relativamente nova de logística: o DropShipping.

Cada vez mais, as pessoas percebem como é possível ganhar dinheiro com a internet. Graças à tecnologia, não é preciso todo o gasto que estaria envolvido ao criar uma loja física, por exemplo. Com a plataforma de e-commerce certa e uma estratégia bem pensada, qualquer pessoa pode abrir uma loja virtual e ter muito sucesso com ela.

Nesse sentido, o DropShipping é um aliado do lojista que não quer desperdiçar recursos e muito menos arcar com um excesso de despesas em seu início. Quer ficar por dentro do assunto? Então, continue a leitura!

O que é DropShipping e por que usá-lo?

Em essência, o DropShipping é como uma terceirização do seu estoque. Em vez de ter de se preocupar com encomendas e armazenamento em um depósito para depois vendê-los, seus produtos vêm de outra empresa, com toda a conveniência para você e seu cliente.

Quando a compra é feita, você só transfere o pedido para seu parceiro de DropShipping, que vai lidar com os detalhes logísticos. Ao proporcionar economia de recursos ao negócio, o DropShipping permite que você tenha mais tempo para dedicar-se a outras tarefas que contribuam para o desenvolvimento da sua loja.

Trabalhar com esse modelo é substancialmente mais barato do que a forma tradicional, ou seja, é muito convidativo para iniciantes no segmento. Além disso, qualquer correção de rota que se faça necessária na estratégia da loja não gera tanto prejuízo quanto aconteceria sem o DropShipping.

Onde surgiu o drop shipping?

Os primeiros serviços de DropShipping surgiram nos Estados Unidos, por meio do site de leilões Ebay. Por conta do sucesso desse tipo de parceria, a China resolveu entrar nesse mercado, em 2006. Em pouco tempo, ganhou destaque, popularmente conhecida por possuir preços competitivos, baixos custos tributários, sem burocracia e contratos complexos, fornecendo tudo pela web de forma fácil, prática e muito efetiva. Isso foi o suficiente para motivar as pessoas a realizarem importações de qualquer lugar do planeta.

Quais os benefícios deste tipo específico de parceria?

O drop shipping oferece muita comodidade para o lojista, que não só poupa o gasto com a manutenção de um estoque físico, como também poderá contar com uma forma de pagamento eficiente. Somente quando um produto é comprado pelo cliente que o lojista o adquire, de fato, do seu parceiro de drop shipping. É importante que essa distinção seja feita, já que existem vários outros modelos de parceria de logística que não funcionam dessa maneira.

Se a sua relação com o fornecedor poupa você de ter que manter um estoque, mas, ainda assim, envolve uma compra periódica em grandes lotes, não se trata de um sistema de drop shipping. Ele acontece quando você só paga pelos produtos apenas quando eles são requisitados por seus clientes.

Quais são os desafios logísticos do drop shipping?

Apesar de todas as facilidades conquistadas com o uso do drop shipping, é preciso fazer um bom planejamento logístico para evitar grandes atrasos nas entregas, pois situações desse tipo podem gerar enorme desgaste na sua relação com os consumidores.

Nesse aspecto, existem algumas opções que fazem toda a diferença na qualidade da sua operação. Conheça-as:

Fornecedores

A escolha dos fornecedores é o ponto de partida na sua estratégia logística. Afinal, dependendo da localização e capacidade de atendimento de cada um deles, você poderá ter um fluxo mais ágil ou ter constantes atrasos nas entregas.

Dê preferência a fornecedores que estejam localizados em regiões mais próximas ou, pelo menos, cidades com boa estrutura logística, onde você sabe que as mercadorias serão rapidamente despachadas e encaminhadas para o destino.

Caso sua opção seja por importar, faça uma pesquisa mais aprofundada e busque identificar quais fornecedores possuem uma melhor avaliação no quesito prazo de entrega para outros países.

Produtos

No momento de escolher os itens que pretende vender no seu e-commerce, é importante levar em consideração o tamanho das embalagens, pois essa característica influencia bastante na facilidade de transporte. Com isso, é possível evitar que os pedidos fiquem parados por muito tempo, seja na origem, por falta de espaço nos veículos ou aeronaves, ou no destino, por necessitar ser entregue com auxílio de veículos maiores.

Optou por fornecedores nacionais? Então, veja com eles as dimensões padrão das embalagens de envio dos produtos, pois isso ajudará a ter uma melhor noção acerca do grau de dificuldade de transporte da mercadoria.

Parceiros logísticos

No Brasil, a grande maioria dos lojistas opta por utilizar os serviços dos Correios para realizar suas entregas, principalmente pela abrangência nacional do serviço. Dessa forma, viabiliza-se a realização de vendas para qualquer parte do país.

Ainda assim, a malha logística nacional tem evoluído significativamente e, hoje, existem ótimos serviços de transporte de cargas particulares. Eles conseguem se equiparar aos Correios e, muitas vezes, oferecem um melhor atendimento e preços bem competitivos.

Você pode avaliar duas opções de modalidade de transporte:

Rodoviário

Para envios não tão urgentes, que possam ser entregues em até 15 dias, essa opção é a ideal, pois o prazo é aceitável e o custo do frete é bem em conta. A entrega ocorre em menos tempo do que com os Correios e, mesmo em entregas prioritárias, o valor é mais barato que no Sedex.

Aéreo

É ideal para envios de pequenos volumes, preferencialmente destinados às capitais e regiões metropolitanas. Com uma malha aérea bastante abrangente, é possível embarcar sua mercadoria diretamente no terminal de cargas do aeroporto ou, então, solicitar coleta.

O prazo para capitais é de até 72 horas, reduzindo muito o tempo de entrega e aumentando a satisfação dos clientes. Seu custo para volumes de até 10 quilos costuma ser bem mais barato que no Sedex, principalmente se você fechar uma parceria de exclusividade com alguma companhia aérea específica.

O drop shipping é o ideal para você?

Apesar de contar com várias vantagens atraentes para todo tipo de lojista, o drop shipping também traz algumas desvantagens. Conheça-as:

  • baixas margens de lucro: as margens de lucros são pequenas, o que pode inviabilizar investimentos em atrativos, como marketing, cupons de desconto e pontos de recompensa, entre outras ferramentas que seriam relevantes no seu e-commerce;
  • pouca variedade de produtos e fornecedores: as opções de categorias de produtos e fornecedores não são muitas;
  • falta de controle sobre a operação: caso você precise alterar alguma área ou processo logístico, terá que insistir muito para convencer o fornecedor a isso;
  • problemas com fornecedores: questões como falta de estoque de uma determinada mercadoria, demora na postagem de um pedido e erro no envio (enviar um item diferente do que o consumidor comprou), entre outros impasses;
  • problemas com clientes: como você não tem a mercadoria em mãos, não tem controle sobre a qualidade ou estado do produto; isso pode gerar imagens e informações contraditórias no site.

Apesar dessas desvantagens, ainda é possível investir nesse tipo de serviço. Para isso, basta realizar um bom planejamento de marketing e saber negociar com os fornecedores, estabelecendo condições para o cumprimento efetivo dos serviços e firmando-os em contrato.

Como fazer drop shipping?

Escolha seu nicho de mercado

Selecione os produtos ideais para seu público-alvo. Nessa etapa, é essencial que você realize uma pesquisa para saber o que seus prospects (futuros clientes) estão buscando e adquirindo na internet. Portanto, primeiro é preciso encontrar os compradores em potencial e depois trazer as mercadorias que eles desejam.

Encontre um bom fornecedor (parceiro)

Apesar de existir um número considerável de fornecedores, nem todos são inteiramente confiáveis, pois alguns deles costumam entregar produtos com defeitos, modelos diferentes e especificações equivocadas. Esses problemas podem gerar inconvenientes para você, como reclamações em redes sociais ou em órgãos de defesa do consumidor.

Uma boa maneira de descobrir quais são os melhores parceiros é comprar um produto daqueles que você está interessado em fazer uma parceria. Uma “compra teste” deve ser realizada sempre ao encontrar um novo fornecedor, a fim de comprovar a qualidade do produto, conferir a qualidade da embalagem que é enviada e ter conhecimento do tempo que ele demora para postar o produto, junto com o tempo para ele chegar nas mãos do destinatário.

Anuncie seus produtos

Crie uma loja virtual própria, divulgue suas campanhas nas redes sociais para que você consiga colocar seus produtos em evidência, elabore um bom anúncio com fotos de qualidade, descrição simples e atrativa sobre os produtos que está ofertando, preze pela criatividade e sempre tente se destacar da concorrência.

Regularize-se, abra um CNPJ para assegurar que não surjam cópias da sua loja e fazer com que sua marca seja exclusiva e, ao mesmo tempo, conhecida por todos.

A fim de atingir seu público-alvo em cheio, invista na ferramenta Facebook Ads. Com ela, você conseguirá atingir uma grande quantidade de prospects e poderá gerar muitas vendas.

Vale ressaltar que também é possível fazer vendas pequenas com o drop shipping, o que é uma vantagem e tanto principalmente para você, empreendedor, que deseja iniciar (ou está iniciando) suas atividades no varejo virtual.

Entenda as vantagens e desvantagens de utilizar o DropShipping

Agora que já contextualizamos o que é o DropShipping e como ele funciona, vamos retomar algumas vantagens e desvantagens deste modelo de logística. Dessa forma, você tem os prós e contras desse modelo na ponta da língua ao ponderar se vale a pena investir nisso em seu negócio. 

Por ser uma estratégia logística bastante moderna e recente, é necessário muito estudo dos processos antes de decidir implantar diretamente em sua loja virtual ou e-commerce.

Vamos começar com as vantagens. Entenda o que o DropShipping pode fazer de positivo para sua marca.

Vantagens do DropShipping para o seu negócio

  • Possibilidade de empreender com mais facilidade 

Utilizando o DropShipping, você consegue começar seu negócio sem investir muito dinheiro. No momento de início de sua empresa, o fluxo de capital não é muito grande; portanto, terceirizar a tarefa de empacotamento e envio pode ser uma decisão bastante sábia. 

  • Maior alcance geográfico 

Com o DropShipping, seu raio de entregas é aumentado de forma potencializada regionalmente (possibilitando vender para outros estados), nacionalmente (para todo o Brasil) e até mesmo em nível internacional. 

Isso é muito positivo, pois também diminui a burocracia e o tempo de entrega, já que, se uma pessoa da região Norte do país compra um produto seu, uma empresa terceirizada da região lidará com a entrega, que acontecerá bem mais rápido.

  • Expansão de seu portfólio de mercadoria

Tendo parceria com diferentes fornecedores, sua loja consegue oferecer produtos mais variados, atendendo às diferentes necessidades dos clientes. 

Dessa forma, você conta com uma grande quantidade de opções, estimulando mais vendas.

  • Menos gastos na gestão

Se você administra uma loja virtual, não será necessário que fique gerenciando o estoque de mercadorias e envio de encomendas. Utilizando o DropShipping, o trabalho é dividido entre empreendedor e fornecedor – um fica a cargo da loja e outro, do transporte, uma vez que são especialistas nisso. 

Desvantagens do DropShipping para o seu negócio

  • Gestão de fornecedores desafiadora 

Quando se trabalha com um grande número de fornecedores de diferentes localidades, torna-se bastante desafiador estar no controle de estoque e de todos os outros processos.

Ainda mais se o seu negócio deslanchar e começar a receber cada vez mais pedidos. Por isso, é aconselhado que você permita que os seus clientes entrem em contato com esses fornecedores, para ter um suporte mais rápido e eficiente.

  • Mais gastos e menor lucro

Como há a contratação de uma empresa terceirizada para lidar com a logística do envio da mercadoria, é natural que existam mais gastos no dia a dia e, consequentemente, uma redução no lucro de sua loja virtual.

  • Dificuldade no rastreio das encomendas

Muitas destas empresas parceiras que realizam DropShipping não contam com um sistema de rastreio bem construído, isto é, se possuírem algum. Por isso, para você que está na ponta da venda, pode ser um pouco difícil rastrear a encomenda enviada e saber seu status, se chegou ou não ao destino. 

A dificuldade no rastreio dos pedidos é um dos principais problemas de envio, o que pode influenciar no número de vendas e diminuir seu lucro também.

Agora, você já sabe o que é DropShipping e que é possível montar seu negócio online utilizando essa moderna estratégia logística, desde que seja encarado como um negócio sério e se comprometa a buscar as melhores soluções para atender sua clientela.

Conte com a Frenet para ter mais facilidades no dia a dia, como a simulação de fretes e a criação de regras de frete para o seu negócio.

Gostou deste conteúdo? Está pensando em implantar o DropShipping na sua loja virtual? Ainda está com dúvidas sobre o assunto? Então, aproveite esta oportunidade e deixe seu comentário!

Frenet: Aumente suas vendas oferecendo fretes mais baratos

Nilo Peçanha, 507 Salas 07 e 08
Centro, Birigui – SP
16200-065

© 2022 Frenet – CNPJ 05.009.138/0001-75