Como elaborar um calendário de datas comemorativas para e-commerce

As datas comemorativas para e-commerce sempre foram muito importantes, pois aceleram o varejo digital e aumentam, consideravelmente, os resultados de todos os lojistas. Por conta disso, planejar com antecedência as ações dessas datas sazonais é fundamental para garantir um bom aumento no faturamento.

Para que você possa fazer esse planejamento, ter um calendário de datas comemorativas é o primeiro passo. Esse calendário permitirá o planejamento de todas as campanhas com calma, levando em consideração todas as particularidades de cada data para aumentar as chances de conversão.

Neste artigo vamos falar mais sobre esse tipo de calendário, seus benefícios e, principalmente, como elaborá-lo para o seu e-commerce. Confira a seguir!

(mais…)

Leia Mais

Saiba como reduzir o cancelamento de compra no e-commerce

O cancelamento de compra é um problema que costuma deixar os donos de e-commerce apreensivos, já que muitas vezes não sabem por onde começar a resolver o problema.

Quando acontecem com frequência, esses cancelamentos deixam evidente a dificuldade em fidelizar esses clientes. Existem diversos motivos que podem levar um cliente a desistir de uma compra enquanto enche seu carrinho ou mesmo no momento do pagamento, e a maioria deles está relacionada à flexibilidade oferecida pelas compras online.

Por isso, continue lendo o post e conheça os principais fatores que colaboram para a desistência, além de estratégias que podem contornar esse problema. Boa leitura!

(mais…)

Leia Mais

Direitos do consumidor: quais são os deveres do e-commerce?

e-commerce revolucionou a forma de fazer compras no mundo todo e no Brasil isso não é diferente. Mas assim como qualquer tipo de negociação, o e-commerce tem deveres a cumprir, os quais refletem diretamente na garantia dos direitos do consumidor.

A principal fonte jurídica de regulação é o CDC (Código de Defesa do Consumidor). Porém, mesmo sendo um documento popular, ele não é cumprido como deveria, especialmente pela falta de conhecimento por ambas as partes: empreendedores e público.

Porém, somente o CDC não é suficiente para uma regulamentação completa, até mesmo pelo fato de ele ter sido criado antes da existência do comércio eletrônico. Por isso, o Decreto 7.962/2013 surgiu para complementar a legislação e assim suprir algumas questões que o CDC não previa ou não tinha interpretação tão clara.

Para elucidar um pouco os deveres do e-commerce, listamos uma série de itens que englobam alguns dos aspectos mais importantes nesse processo. Confira!

(mais…)

Leia Mais