Como emitir notas fiscais facilmente para o meu e-commerce
Frenet Aumente suas vendas oferecendo fretes mais baratos

Como emitir notas fiscais facilmente para o meu e-commerce

O trabalho no e-commerce deve ser simples e de preferência integrado para garantir que as informações de compra, venda, estoque e entrega se mantenham unificadas no mesmo sistema. Para quem inicia uma operação online, emitir notas fiscais é sempre uma preocupação, já que é um documento obrigatório que comprova a venda e regulariza a entrega da mercadoria. Mas engana-se quem pensa que a emissão de notas fiscais deve ser um processo difícil e exaustivo. Ele pode mais uma etapa da integração da venda online através de um ERP, para cadastrar automaticamente produtos, vendas, gerar notas e calcular impostos relacionados. 

Neste artigo, separamos um passo a passo de como emitir facilmente as notas fiscais para o seu negócio de e-commerce. Confira!

Formas de emitir nota fiscal eletrônica:

As notas fiscais são um documento instituído pelo governo para facilitar e melhorar a fiscalização das empresas. As transações passaram a ficar ainda mais  simples com a Nota Fiscal eletrônica, tanto para os contribuintes quanto para o governo. 

Ela pode ser emitida pelo software e o documento existe apenas digitalmente e um arquivo de papel, chamado DANFE (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica). Este é geralmente entregue ao cliente. Neste formato, o ERP também é uma ferramenta importante para a gestão do negócio e pode auxiliar em diversos processos do dia a dia. 

Além disso, as notas fiscais também podem ser emitidas através de um Emissor de Notas Fiscais, muitas vezes disponibilizado pelo Portal da Sefaz, mas que tem o único objetivo de emitir notas fiscais. 

A nota fiscal é um documento obrigatório e as informações da venda e tributárias estão centralizadas ali, atribuindo a ela validade jurídica, possibilitando que ela seja utilizada para a fiscalização de órgãos governamentais e o recolhimento de impostos.

Ou seja, é pssível emitir notas através de dois formatos:

  1. Emissor de NF-e: Existe um emissor gratuito de notas fiscais oferecido pelo Governo, por meio de uma parceria entre Sefaz e Sebrae. Serve exclusivamente para emitir as notas. 
  1. Sistema de gestão: Além de emitir as notas fiscais, também integra os setores do negócio, como estoque, cadastro, envia as notas fiscais diretamente para clientes e também acelera rotinas da empresa, como fluxo de caixa, integrações de venda, etc. 

Com o ambiente de compras online ganhando cada vez mais força, empreendedores de diversas áreas passam a se aventurar nas vendas virtuais devido às oportunidades. Mas para quem inicia a operação online, administrar as diversas tarefas, gerir estoque, produtos, clientes, vendas, emitir notas fiscais para vender online e organizar a logística pode ser também um grande desafio. 

Para vender produtos na internet, o primeiro passo é montar uma loja online. Isso porque os consumidores buscam por opções confiáveis no meio virtual. A estrutura de uma loja bem organizada, faz com que ele se sinta mais confiante em adquirir novos produtos.

Criada a loja virtual e cadastrados os produtos, será possível começar as vendas. Uma das situações com a qual o empreendedor se depara neste momento é a emissão de notas fiscais. 

Passo a passo para emitir notas fiscais:

Independente do formato que o seu negócio escolherá para emitir as notas ficais, são necessários alguns passos: 

  • Cadastrar a sua empresa na Secretaria da Fazenda (SEFAZ) de seu estado. Ele garante que todos os impostos ICMS, de circulação de produtos e serviços, e outros tributos sejam pagos por meio do órgão.
  • Adquiri um certificado digital (e-CNPJ), junto ao Serasa ou outras entidades autorizadas e credenciadas junto ao ICP- Brasil. O Certificado Digital é uma identidade da empresa e funciona para assinar documentos e validar juridicamente ações da empresa. 
  • Preencher os dados com as seguintes informações: nome fantasia, razão social, CNPJ, endereço, inscrição estadual, municipal entre outros;

Informações do destinatário: CPF ou CNPJ do cliente, nome completo e endereço;

Identificação do produto: coloque as informações da forma mais detalhada possível, com marca, tamanho, cor, e outras variações;

Quantidade: quantos foram vendidos daquele mesmo produto;

Peso: líquido e bruto de todos os itens juntos;

Também devem ser adicionadas informações tributárias do produto, como impostos e tributações, mas isso é preenchido automaticamente pelo sistema de gestão, que facilita a vida do empresário, com envio automático das notas fiscais eletrônicas para seu cliente e integração com a SEFAZ.

Todas as informações das notas são validadas pelo sistema que ainda controla a aprovação e a autorização de uso. Também é possível criar regras para automatização de cálculo por NCM e destino. 

Frenet: Aumente suas vendas oferecendo fretes mais baratos

Nilo Peçanha, 507 Salas 07 e 08
Centro, Birigui – SP
16200-065

© 2022 Frenet – CNPJ 05.009.138/0001-75