Blockchain de logística: 3 maneiras de aplicar nesse mercado

Blockchain de logística: 3 maneiras de aplicar nesse mercado

Blockchain de logística é uma das tecnologias disruptivas que surgiram para mudar paradigmas e revolucionar completamente o setor. Com a aplicação desse conceito, é possível garantir uma gestão mais organizada e otimizar os processos internos. Ademais, é uma boa estratégia para implementar novas abordagens que ajudarão as companhias em tempos de crise.

Pensando nisso, preparamos este texto com algumas maneiras de aplicar nesse mercado. Então, para saber mais sobre esse assunto, continue lendo o material até o final.

O que é blockchain de logística?

O blockchain é uma tecnologia associada com o Bitcoin que viabiliza transações sem a presença de intermediários controladores. Uma das características é a imutabilidade das informações transacionais, já que os dados registrados não podem ser alterados e nem deletados.

Outro aspecto fundamental para a compreensão desse paradigma é o fato de que implementa criptografia nos blocos para proteger informações, gerando um ecossistema de segurança, fortalecendo a robustez e o tornando imune a fraudes.

Na logística, esse conceito pode ser entendido como uma forma de banco de dados distribuído e atualizado em tempo real que armazena informações acerca de entregas, produtos, transporte e outros processos comuns.

Essa base é descentralizada, ou seja, não se encontra dependente de um servidor somente, mas é compartilhada em diversos deles. Isso favorece a consistência, já que se um nó da rede (computador servidor) for comprometido, o sistema permanece firme.

Esses dados ficam disponíveis para quem estiver envolvido na transação. A transparência e a necessidade de consentimento de quem participa são outras características especiais do blockchain. Dessa forma, é possível garantir visibilidade nas operações, a fim de reduzir custos, bem como obter segurança e confiabilidade para o dia a dia.

Como aplicar o blockchain na logística?

Como aplicar o blockchain na logística?

Discutiremos a seguir a aplicabilidade desse conceito na logística.

1. Rastreabilidade

Com blockchain, é possível garantir maior visibilidade às informações referentes aos processos logísticos. Por exemplo, com um sistema do tipo, uma empresa consegue monitorar cada passo da criação de um produto e torná-lo transparente para o consumidor, desde a etapa que envolve as matérias-primas ao transporte e armazenagem. Dessa forma, a gestão ganha mais inteligência e um monitoramento mais preciso, e o cliente consegue verificar a confiabilidade da companhia.

2. Contratos digitais

Um contrato feito digitalmente é diferente do comum, pois é imutável e inalterável, mas o conceito e finalidade são semelhantes ao original. Esse tipo de documento dispensa a necessidade de reguladores e utiliza uma forte automatização de tarefas, o que agrega mais agilidade e menos burocracia.

3. Otimização das atividades online

Por contar com automatização, o blockchain resulta em operações mais ágeis e rápidas. Por reduzir a necessidade de sobrecarga em um centralizador intermediário e democratizar as validações, a tecnologia garante menos perda de tempo e otimiza atividades empresariais, o que impacta a produtividade.

Como está a evolução dessa tecnologia no Brasil?

Como está a evolução dessa tecnologia no Brasil?

A evolução do blockchain ainda está acontecendo lentamente no nosso país. Em uma pesquisa de 2018, 4 mil startups foram entrevistadas acerca da aplicação da tecnologia, e apenas nove delas responderam positivamente. O Brasil está em 11º no ranking de países que mais utilizam essa abordagem.

Em outra pesquisa, as áreas que mais utilizam essa ferramenta foram mapeadas: consultoria ficou com 18%; TI, Telecom e Finanças 10%; e apenas 2% na logística. Os cargos que mais se envolvem com a tecnologia são os de gerente, diretor e CEO. Quanto ao conhecimento, 11% alegaram que conhecem profundamente esse novo paradigma, enquanto 38% entendem superficialmente e 49% apenas parcialmente.

Ou seja, ainda que de forma lenta, a mudança está chegando. Aos poucos, os brasileiros estão percebendo o impacto que a aplicação desse conceito pode trazer e como afeta diversas áreas e setores.

O blockchain de logística é uma tecnologia que garante maior visibilidade, transparência aos processos logísticos, mas também gera redução de custos e, com a automação, mais agilidade operacional. É uma abordagem que traz diversos benefícios que influenciam todos os setores de uma companhia e está evoluindo no mundo, mas também no Brasil.

 

Agora que você sabe mais sobre blockchain de logística, deixe um comentário informando a sua opinião sobre essa tecnologia e seus benefícios.

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *