Fim do e-sedex: como fazer as entregas da empresa?

Muitos lojistas buscavam o e-sedex para realizar a entrega de seus produtos, pois era uma forma eficiente e barata para desempenhar esse serviço. Portanto, recentemente a agência dos Correios informou o fim do e-Sedex, o que surpreendeu muitos empresários que agora estão a procura de novos meios de transporte para as suas mercadorias.

Este artigo apresentará alternativas existentes no mercado para possibilitar que a entrega dos produtos possam ser realizadas de maneira prática e eficaz. Continue a leitura e confira!

fim do e-sedex

Opções de serviços de entrega de suas encomendas

Transportadoras

Existem várias transportadoras no mercado, porém algumas possuem mais experiência no ramo do comércio virtual.

Um ponto positivo das transportadoras é que elas não possuem limitações de pesagem das encomendas, sendo uma excelente opção para quem vende mercadorias acima dos 30 kg.

Ademais, o risco de ocorrer alguma greve ou paralisação é quase improvável, possibilitando assim, que a encomenda chegue mais rápido ao consumidor, garantindo a confiança e credibilidade da empresa.

Aplicativos de entrega

Aderir a aplicativos de entrega também é uma boa opção. O grande diferencial dessas empresas de aplicativos é que elas têm o objetivo de realizar as entregas programadas para o dia seguinte ou até para o mesmo dia, disponibilizando também o serviço de coleta.

Mas há um porém: elas não estão presentes em todas as cidades, de modo que o serviço pode não ser tão rápido em determinadas regiões.

Entregas alternativas

Entregas alternativas são realizadas por motoboy ou veículo próprio. Mas essa opção depende muito da abrangência da loja virtual, pois se a entrega da encomenda for próxima à loja ou junto ao estoque, é possível que o prazo da remessa seja mais rápido, promovendo assim a satisfação do cliente.

Outros serviços dos Correios

Mesmo com o fim do e-sedex, a agência dos Correios possui outras opções de serviços, como o PAC e o Sedex. Porém, eles podem se tornar mais caros para as empresas de e-commerce.

A solução é realizar um contrato com os Correios, com isso eles disponibilizarão descontos ao empresário, de acordo com o volume mensal de envio.

A grande desvantagem dos Correios é a limitação de peso e dimensão dos produtos, por esse motivo, muitos empresários optam por outros tipos de transporte.

Desafios do e-commerce com o fim do e-Sedex

Para os empresários do comércio virtual, o fim do e-sedex se tornou um desafio, pois eles tinham uma boa opção de serviço que realizava o envio dos seus produtos com segurança e rapidez, cobrando um preço justo no mercado. Agora, eles precisam agir e contratar um serviço que ofereça a mesma segurança e eficiência que o e-sedex proporcionava.

Para que haja uma tomada de decisão mais assertiva, é interessante que você procure um sistema de integração logística, como o Frenet, que possibilita, de maneira simples, a integração entre lojas virtuais e transportadoras, visando realizar cotações de frentes e rastreio.

É importante frisar que o Frenet é uma alternativa ao e-sedex, pois com ele o lojista poderá integrar qualquer outra forma de entrega existente no mercado. Por isso, vale lembrar que o fim do e-sedex pode não ser um prejuízo para a sua empresa, basta você analisar as outras opções por meio do sistema do Frenet.

Se você quer ter mais opções de entregas para a sua empresa, entre em contato conosco. Ficaremos muito felizes em poder ajudá-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *