Vale a pena oferecer frete grátis?

Oferecer frete grátis pode ser uma maneira eficiente de prospectar e fidelizar clientes, mas até onde essa medida traz benefícios ao seu negócio? Para te ajudar a analisar se vale a pena ou não disponibilizar frete grátis em sua loja virtual, trouxemos o post de hoje. Continue acompanhando e confira!

frete gratis

Frete grátis como estratégia de marketing

Empresas de pequeno porte e/ou que desejam ser mais reconhecidas no mercado podem encontrar na oferta do frete gratuito uma forma simples de atrair mais clientes e ver sua taxa de conversão crescer.

Isso porque a sensação de economia que o frete grátis passa é exatamente o que incita as pessoas a comprarem mais, mais vezes e a indicar a loja virtual para amigos.

Pontos de atenção ao oferecer frete grátis

É importante se ater a alguns fatores quando se planeja oferecer frete grátis, para que sua empresa não experimente prejuízos em vez de se beneficiar. Dentre os pontos de atenção, destacam-se:

Margem de lucro

Verifique se a margem de lucro de cada produto não será demasiadamente afetada ao inserir o custo do frete.

Localização do cliente

Realizar um mapeamento e verificar qual a região em que a maior parte dos clientes está localizada é necessário. Pois, dessa forma, é possível saber se o valor do frete poderá ser absorvido, levando em consideração a distância.

Dimensão do produto

O tamanho e o peso do produto também influenciam no valor do frete, assim sendo, inclua esse fator na equação, caso planeje isentar o cliente do custo de entrega.

Definição do uso do frete grátis na sua loja virtual

Caso sua equipe financeira, aliada ao setor de logística, tenha avaliado as possibilidades e decidido que sim, é possível implementar a oferta de frete grátis como estratégia para o seu e-commerce, agora resta saber de que forma exatamente a empresa usará isso a favor das vendas.

É possível oferecer frete grátis de quatro formas, pelo menos. A primeira delas é oferecer essa isenção somente em itens selecionados. Essa estratégia é interessante, pois sua equipe pode confortavelmente avaliar quais os produtos mais fáceis e baratos de transportar e, então, disponibilizá-los com frete grátis.

A segunda forma é disponibilizar a gratuidade no frete a partir de determinado valor. Isso é ótimo para aumentar o ticket médio dos clientes. Se você estabelecer um mínimo de R$ 50,00, por exemplo, quem iria comprar apenas R$40,00 certamente pensará duas vezes.

É possível, ainda, apostar na gratuidade sazonal, como Dia do Trabalho, Dia das Mães, Dia das Crianças, Natal, etc. Note que a maioria das lojas virtuais já utiliza essa estratégia, portanto, incluir o frete grátis sazonal em seu e-commerce ajudaria a deixar sua marca mais competitiva no mercado.

Por último, mas não menos importante, o frete grátis pode ser utilizado para usos específicos. Assim, você pode levar o cliente a realizar ações como concluir a primeira compra, indicar um amigo, assinar a newsletter, etc.

A partir dessa análise, podemos concluir que vale a pena oferecer frete grátis, desde que você faça isso com um planejamento estratégico, levando em conta todos os custos.

E então, achou este artigo interessante? Assine a nossa newsletter e receba conteúdo diretamente no seu e-mail!

Um comentário em “Vale a pena oferecer frete grátis?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *