A importância do frete na decisão de compra do cliente

Uma pesquisa realizada pelo Econsultancy mostrou os principais motivos pelos quais as pessoas não querem comprar pela internet ou desistem de comprar. Os dois motivos mais citados são a curiosidade, quando olham o produto, mas não tem a real intenção de adquiri-lo  (compra de vitrine); e a desistência e/ou esquecimento, quando até escolhem os produtos, mas resolvem deixar para efetuar a compra depois e não a concluem. No entanto, todos os demais motivos têm algo a ver com o frete.

A importância do frete na decisão de compra do cliente

Há uma coisa que não muda: não importa o que se venda, esse produto físico precisa chegar às mãos do consumidor. Para isso, precisa ser enviado por um sistema de frete. E as formas e o valor do frete na decisão de compra influem muito quando se quer adquirir o produto pela internet.

As pessoas já perdem o contato direto com o produto, e comprá-los demanda tempo de espera para o recebimento. Por isso, a preocupação com o frete, na cabeça do consumidor, é um balanço entre o quanto vai custar e quanto tempo irá demorar.

Para otimizar suas vendas e o Custo de Aquisição por Cliente (CAC), o frete sempre deve ser levado em consideração. Assim, você saberá qual o investimento feito, on-line e off-line, para promover sua loja, considerando as vendas efetivadas. Mas, afinal, focando na questão do frete, o que uma loja virtual precisa fazer para aumentar a conversão em vendas e melhorar seu CAC?

1. Facilitar a informação sobre o valor da entrega do produto

Na pesquisa da Econsultancy, 40% dos entrevistados assinalaram que desistem da compra quando as informações de custo e de frete não estão óbvias ou de fácil acesso. Todo consumidor gosta e tem o direito de saber por quanto está adquirindo o produto e qual o custo para ele ser entregue em suas mãos. Por isso, organizar o site para que o cálculo do frete apareça no momento certo é de extrema importância: nem tão cedo quanto na primeira página, nem tão tarde quando já estiver concluindo a compra. O ideal é disponibilizar, de maneira clara, intuitiva e óbvia, o cálculo do frete na segunda ou na terceira tela de compra, inclusive antes mesmo do cadastro ou do nome.

2. Dar mais opções de frete

Existem muitas opções de frete disponíveis no mercado. Não apenas as opções do próprio Correios – como o PAC, E-Sedex (criado especificamente para produtos de e-commerce), Sedex –, como também empresas de logística que providenciam esse tipo de serviço.

O importante é permitir que o cliente decida de acordo com sua urgência e com o custo que terá em relação à aquisição, tendo sempre à disposição a possibilidade de consultar essa informação. Dificultá-la ou omiti-la apenas irá fazer com que o consumidor perca o interesse.

Além disso, é muito importante explicar quais são as opções, como elas funcionam e o prazo de entrega, de maneira prática, intuitiva e acessível.

3. Fazer promoções para aquisições de maior valor

Há uma máxima na publicidade: todo mundo gosta de se sentir especial. Por isso, as promoções sempre fazem muito sucesso. Oferecer frete grátis depois de um determinado valor de compra ou oferecer promoções de frete para regiões específicas dá essa sensação de exclusividade e especialidade, o que chama a atenção e conquista o cliente. Existem formas de configurar a loja virtual para fazer essas promoções por setor, por tipo de produto, por região ou por preço.

Ainda de acordo com a pesquisa mencionada, 55% do público-alvo assinalou que os custos altos do frete são um fator determinante na hora de decidir ou não pela compra. Isso demonstra a importância do frete para o consumidor, assim como a necessidade de equilibrar esse custo com as vantagens em oferecer promoções nessa área.

Sempre é bom ter uma ou duas promoções ativas por vez e ir alternando-as com outras. A novidade nas promoções é um fator atrativo muito forte. Quando em promoção, o fator frete na decisão de compra torna-se primordial.

4. Oferecer frete grátis

Além das potenciais promoções, pode-se pensar também em simplesmente oferecer o frete gratuito. De acordo com os dados coletados, 51% dos potenciais clientes desistem da compra quando percebem que os itens que escolheu não se qualificam para a opção de frete grátis. Agregar isso ao preço do produto ou entender isso como parte do gasto com marketing e investimento para otimizar o CAC são formas de tornar possível trabalhar com frete grátis.

A importância do frete na decisão final do consumidor é clara, é um dos detalhes que fazem toda a diferença. Para quem está trabalhando com lojas virtuais, preocupar-se com a logística e com a otimização do frete pode representar uma questão primordial para o sucesso da empresa. Existem diversos serviços que podem ser acionados para isso, como, por exemplo, o Frenet, que possui inclusive um período de teste grátis. Vale a pena experimentar!

Todos esses cuidados são fundamentais para aumentar as vendas, melhorar o CAC da sua empresa e fortalecer a marca no mercado. Coloque em prática essas dicas e compartilhe com a gente a sua experiência nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *