Como calcular o frete dos meus produtos?

Essa é uma pergunta recorrente entre lojistas na área do e-commerce: como calcular o frete dos meus produtos? Afinal, ele é essencial para garantir uma venda tranquila tanto para o vendedor quanto para o cliente. Para responder essa dúvida, elaboramos um artigo simples, direto e completo, que vai ajudá-lo a usar a ferramenta disponibilizada pelos Correios para esse cálculo.

calcular o frete imagem caixa com etique

De que forma calcular o frete dos meus produtos?

Muitas pessoas imaginam que o sistema para cálculo do frete usa apenas o peso do volume enviado. Mas não é bem assim. Há cinco anos, os Correios modificaram esse sistema e hoje em dia esse valor é calculado pelo seu peso cúbico.

O peso cúbico, em kg, é o resultado da conta C x L x A / 6.000, onde:

  • C é o comprimento em centímetros;
  • L é a largura em centímetros;
  • A é a altura em centímetros e;
  • 6.000 é coeficiente da relação peso/volume mais justa relacionada ao espaço nas aeronaves (segundo recomendado pela entidade internacional das empresas aéreas).

Se o peso cúbico da encomenda for menor ou igual a 10 kg, fica valendo o peso real/físico do objeto. E se ele for maior do que 30 kg, será cobrado um adicional pelos Correios. Só que o lojista não precisa saber fazer essa conta, muito embora seja importante entender como surgiu o cálculo que determina o valor do frete.

Como funciona a ferramenta dos Correios?

No próprio site dos correios você tem acesso a uma calculadora, tanto para encomendas nacionais quando para internacionais.

Essa área fica localizada na coluna à direita abaixo do menu principal, o terceiro item após “Busca CEP ou Endereço” e “Rastreamento de objetos”. Em “Preços e prazos”, você tem acesso a um submenu onde os dois primeiros itens são as calculadoras para envios nacionais e internacionais.

Nessa área, você vai indicar a data da postagem (para obter o prazo), o CEP de origem (de onde o produto sai) e de destino (para onde ele vai). Depois, você escolhe o serviço (PAC, Sedex).

Dependendo do formato selecionado, será necessário complementar as informações de formato e peso. Além disso, você pode comparar essa simulação com os outros serviços disponíveis, selecionando a opção (quando disponível), logo abaixo da caixa de seleção “Tipo do serviço”.

É importante lembrar que essa informação pode sofrer pequenas variações, não representando o valor exato da postagem.

E se, ao calcular o frete dos meus produtos, acabar perdendo no envio de um pedido?

O melhor, nesse caso, pode ser arcar com essa diferença e corrigir para as próximas, pois ao enviar uma correção, você pode acabar perdendo a venda e o cliente.

Uma dica importante: se o produto tiver um frete muito alto, pode valer a pena uma ida a uma agência para obter uma informação mais exata sobre o seu peso cúbico e evitar surpresas.

Agora, quando perguntarem “como calcular o frete dos meus produtos”, a resposta ficou muito mais fácil! E se você gostou deste artigo, não deixe de assinar nossa newsletter. Lá sempre enviaremos novidades e informações preciosas para ajudar o seu e-commerce a crescer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *